Blog

Silvio Santos não “enquadrou” Danilo Gentili e Rachel Sheherazade. Só fez o de sempre: piada

O patrão é assim há anos.

Imagem: "Trofeu Imprensa", SBT

Se alguém tem dúvida do que seja a tal “pós-verdade”, esse é um caso emblemático. Em suma: determinado fato acontece e, mesmo sem “ter sido o que foi”, é relatado – sobretudo em determinado grupo – como sendo aquilo que gostariam que fosse.

Pois é. Como quando vemos um amigo batendo boca com desconhecido, o amigo infelizmente não tem razão, mas ainda assim, depois, o grupo em alguns casos confirma “é isso aí, mandou bem” – bobagem, mandou mal, mas é amigo e não precisa alongar muito a história. Segue a vida.

Foi mais ou menos o que houve nas “chamadas” de Silvio Santos a Danilo Gentili e Rachel Sheherazade. Segundo relatos, borbulhados de forma entusiasmada justamente entre esquerdistas, os dois apresentadores teriam levado broncas homéricas. Bobagem.

Silvio Santos – e ter de ressaltar isso, a esta altura, chega a ser bisonho – faz brincadeiras às vezes “além da conta”. É seu jeito. Ele sempre foi assim, não começou agora. Um traço que marca sua carreira. Desse modo, basta ver o vídeo a seguir, compartilhado por um internauta, e também extraído do Troféu Imprensa:

Não seria idiota divulgarem algo como “Fernando Collor e Dilma Rousseff serão contratados pelo SBT“? Pois é o mesmo grau de ridículo divulgar como “chamadas” as piadas e brincadeiras que fez com Danilo Gentili e Rachel Sheherazade.

Aliás, a manchete seria outra, essa sim verdadeira, mas que curiosamente nenhum veículo deu: ele confessou sofrer pressões políticas para demitir Danilo Gentili. Mas Danilo tem o “azar” de não ser a esquerda, de modo que não recebe o apoio que qualquer outro teria.

Nada de novo.

ps – sobre pós-verdade, recomendamos este artigo de nosso colunista Fernando Gouveia, referente à palestra que dera na Campus Party Brasil.

To Top