Blog

Sim, o governo cortou o Bolsa-Família de 800 mil famílias. Temer? Não, Dilma Rousseff!

Sempre corrigiremos as lorotas propagadas nas redes.

A prática é comum, mas recentemente tornou-se endêmica. Puxando um breve e ainda assim assustador histórico, lembramos da vez em que o senador Lindbergh Farias “comemorou” dados do desemprego no país, já depois da saída de Dilma, mas ainda eram índices da gestão petista. Depois, militantes online espalharam que Michel Temer teria cortado o Farmácia Popular (adivinhem só quem de fato cortou?).

Chegou-se a um ponto tão complicado das mentiras que foi preciso um post específico, tratando das mais evidentes e flagrantes. Mesmo a mudança na lei orçamentária, permitindo flexibilizar os créditos suplementares, foi alvo desse método: disseram que seria uma medida deste governo, mas era do anterior; e não se tratou ali de pedaladas, que são operação de crédito com instituições financeiras públicas (não dentro do próprio orçamento da União).

É sempre assim: desinformação inocente ou deliberada e em seguida a divulgação com exagero ainda maior nos termos. Dá trabalho restabelecer a verdade, mas não desistiremos.

Agora, mais essa: começam a circular posts na internet falando que o governo Temer teria cortado o Bolsa Família de quase 800 mil famílias. Sim, o governo de fato cortou, mas o de Dilma Rousseff. Basta consultar a notícia original da época.

Como se vê, não será nada fácil, mas precisamos continuar. Porque eles não pararão.

Notícias Recentes

To Top