Blog

Ué?! Dos senadores que salvaram os direitos de Dilma, 10 eram do PT e 12, do “golpista” PMDB

O PMDB foi o partido que mais votou para Dilma Rousseff manter os direitos políticos mesmo após cassada

Se ainda faltam motivos para se ter certeza de que o papo de que Dilma Rousseff foi vítima de um golpe de Estado não passa de lorota, seguem abaixo duas listas interessantes. Na primeira, os dozes partidos que tiveram senadores votando para que a petista, apesar de cassada, mantivesse os direitos políticos, o que abre uma brecha enorme para que se blinde da Lava Jato e, de quebra, Eduardo Cunha consiga o mesmo.

Na segunda, a lista de senadores que, ou votaram contra a perda dos direitos, ou se abstiveram, o que dava na mesma.

Qual partido mais deu votos para que Dilma Rousseff se safasse mesmo fora da Presidência da República? Sim, ele mesmo, o “golpista” PMDB.

Lista de votos por partido

  1. PMDB – 12 votos
  2. PT – 10 votos
  3. PSB – 4 votos
  4. PR – 3 votos
  5. PDT – 2 votos
  6. PTB – 2 votos
  7. DEM – 1 voto
  8. PCdoB – 1 voto
  9. PP – 1 voto
  10. PPS – 1 voto
  11. PSD – 1 voto
  12. REDE – 1 voto

Lista de senadores

  1. Acir Gurgacz – PDT/RO
  2. Angela Portela – PT/RR
  3. Antonio Carlos Valadares – PSB/CE
  4. Armando Monteiro – PTB/PE
  5. Cidinho Santos – PR/MT
  6. Cristovam Buarque – PPS/DF
  7. Edison Lobão – PMDB/MA
  8. Eduardo Braga – PMDB/AM
  9. Elmano Férrer – PTB/PI
  10. Eunício Oliveira – PMDB/CE
  11. Fátima Bezerra – PT/RN
  12. Gleisi Hoffmann – PT/PR
  13. Hélio José – PMDB/DF
  14. Humberto Costa – PT/PE
  15. Jader Barbalho – PMDB/PA
  16. João Alberto Souza – PMDB/MA
  17. João Capiberibe – PSB/AP
  18. Jorge Viana – PT/AC
  19. José Pimentel – PT/CE
  20. Kátia Abreu – PMDB/TO
  21. Lídice da Mata – PSB/BA
  22. Lindbergh Farias – PT/RJ
  23. Maria do Carmo Alves – DEM/SE
  24. Otto Alencar – PSD/BA
  25. Paulo Paim – PT/RS
  26. Paulo Rocha – PT/PA
  27. Raimundo Lira – PMDB/PB
  28. Randolfe Rodrigues – REDE/AP
  29. Regina Sousa – PT/PI
  30. Renan Calheiros – PMDB/AL
  31. Roberto Muniz – PP/BA
  32. Roberto Requião – PMDB/PR
  33. Roberto Rocha – PSB/MA
  34. Rose de Freitas – PMDB/ES
  35. Telmário Mota – PDT/RR
  36. Valdir Raupp – PMDB/RO
  37. Vanessa Grazziotin – PCdoB/AM
  38. Vicentinho Alves – PR/TO
  39. Wellington Fagundes – PR/MT

Que golpe de Estado é esse que o partido “golpista” vota para livrar o golpeado da cadeia?

A resposta é bem simples: não é golpe de Estado.

Notícias Recentes

To Top