Blog

Vaias na Copa: a covardia da presidente Dilma Rousseff

Seu nome foi anunciado pelos alto-falantes, Blatter e até sua filha se levantaram, mas mesmo assim a presidente da república preferiu manter-se sentada e escondida das vaias. Uma câmera lateral filmou tudo. Confiram.

braçocruzado

Antes de qualquer coisa, vejam o vídeo a seguir.

[youtube]http://youtu.be/2FfE_-TlXl8[/youtube]

Trata-se, como se nota, do anúncio do presidente da FIFA e da Presidente da República pelos alto-falantes do estádio. A vaia começa a comer solta e pesada. Mesmo assim – afinal, é da democracia – Blatter se levanta, até mesmo a filha de Dilma se levanta, porém… nossa “estadista” finge que não é com ela e permanece sentada. Blatter, talvez supondo alguma boa-fé, dá aquela CUTUCADA AMIGA e, ainda assim, a soberana não se move. Deu o chamado “migué”.

E não venham dizer que “ela não sabia”, pois além do nome anunciado e das demais pessoas se levantando, foi até mesmo “cutucada” para tal. Preferiu manter-se sentada, escondida do público, quem sabe escapando daquelas fotos constrangedoras. Pois o tiro saiu pela culatra. Com esse vídeo, temos a exata dimensão do que houve e de quem é a “presidenta” quando não está na frente de militantes ou atrás do chefe-de-fato: é covarde.

Já havíamos garantido a marca de ser a ÚNICA sede de Copa do Mundo em que um chefe de estado não discursou na abertura. Soma-se a isso a falta de brios de Dilma Rousseff para meramente ficar em pé quando seu nome e cargo foram anunciados.

Vergonhoso

To Top