Blog

Vídeo: em Curitiba, Evandro Mesquita dedica show da Blitz a Sergio Moro e a plateia delira

Resta torcer para que não sofra perseguição da patrulha esquerdista.

No Brasil, assim como no resto do mundo, a faixa mais expressiva da classe artística tende para a esquerda. O que é normal, pois também a grande maioria deste grupo é formada por pessoas de classe média alta que vivem em regiões de elite.

Os poucos que desafiam tal hegemonia tendem a sofrer perseguições. Ou melhor: tendiam.

Parece que os artistas minoritários, que não endossam o esquerdismo ou, mais que isso, não entram na onda de atacar a Lava Jato (obviamente, por interesses políticos), já não tem mais temem qualquer represália. Melhor assim, até porque a GRANDE MAIORIA do povo está com eles.

E agora, afinal, o vídeo:

Mais Lidas

To Top