Editorial

EDITORIAL: CONTINUAMOS IMPLICANDO

Editorial sobre o resultado das eleições, a vitória do PT, o “placar apertado”, a campanha suja e os próximos quatro anos deste portal.

bandeira

Dilma ganhou. Aceitemos, ela ganhou. Foi por pouco, bem pouco, mas ganhou. Antes de tudo, é fundamental para a democracia que não briguemos com o resultado, especialmente sem evidências fortes ou provas bastantes para isso. Infelizmente, muito infelizmente, teremos mais quatro anos de PT.

Esta foi, sem dúvida alguma, a campanha mais suja e difamatória da história das eleições democráticas. Nem mesmo em 1989 houve esse tipode coisa. Foram acusações graves, calúnias, todo tipo de expediente baixo e vil para atacar o adversário. Evidentemente, isso não será esquecido. Ao menos, não por nós do Implicante.

O PT apostou na divisão do país e, agora, que não venha pedir ajuda – justamente a nós! – para juntar o que eles separaram. Se aproveitou o bônus eleitoral dos ataques e da divisão, que aceite o ônus desse racha agora no governo. O que chamam de “ódio antipetista” é nada menos que a reação natural das pessoas diante de tudo que acontece. Não é ódio irracional, mas a reação forte dos que não aguentam mais isso tudo.

E nós, portanto, continuamos. Não é fácil, muitas vezes chateia e dá trabalho, mas vale a pena fazer todo dia o maior portal de oposição ao PT. E vale a pena por conta de vocês, leitores, que compartilham nas redes o que divulgamos. Apesar do resultado final, há motivos para comemorar: ganhamos em estados importantes, aumentamos a representação no congresso e, acima de tudo isso, há escândalos e crimes muito graves que exigirão acompanhamento e divulgação na web.

Cabeça erguida! Fizemos uma campanha ética e não cederemos jamais. E muito obrigado a todos vocês.

Notícias Recentes

To Top