Esporte

Neste século, nenhuma seleção havia se classificado tão cedo para a Copa quanto a brasileira

Um feito em tanto para a terra do 7 a 1

Desde os anos 1990, ano de eleição é ano de Copa do Mundo ou de Olimpíada. E, por mais que historicamente os resultados positivos em um evento não impliquem em resultados positivos noutro, há sempre uma tentativa de politizar o esporte, pegando carona no sucesso, ou jogando a culpa do fracasso no adversário. Por isso o Implicante vem se acostumando a incluir no noticiário político os pontos chaves das referidas competições.

E, se a eleição de 2018 parece ter começado cedo demais, com Jair Bolsonaro, João Doria, Ciro Gomes e Lula, direta ou indiretamente, disputando a atenção da opinião pública, o mesmo pode ser dito sobre a Copa do Mundo, uma vez que a seleção brasileira garantiu, com uma vitória por 3 a 0 sobre o Paraguai, a classificação antecipada neste 28 de março.

Antecipada até demais. Neste século, nenhum time havia se classificado com tanta antecedência. Em 2002, os primeiros participantes foram confirmados em julho do ano anterior. Para as edições de 2006, 2010 e 2014, o mês de junho foi o mês do debute. Agora, o Brasil conseguiu o feito em março, quinze meses antes.

Sim, foi um feito em tanto. Principalmente ao se considerar que o país vem do traumático 7 a 1 contra a Alemanha em 2014. E segue uma nação carente de boas notícias.

Fonte: Correio Braziliense

Mais Lidas

To Top