Internacionais

Malandramente, Obama mandou US$ 221 milhões aos palestinos, mas Trump congelou o pagamento

E a imprensa brasileira fingiu que não ficou sabendo disso

Quando ninguém mais esperava que Barack Obama pudesse aprontar alguma, afinal, seu mandato acabaria dali a alguma horas, o democrata enviou US$ 221 milhões para a Autoridade Palestina. Ou seja, para uma região que treina terroristas contra Israel, um dos aliados históricos dos EUA.

Sorte dos israelenses – e do mundo – que o novo presidente dos Estados Unidos não é Hillary Clinton. Conforme noticiado no Times of Israel, a gestão Trump simplesmente congelou o repasse  aos palestinos assim que tomou conhecimento do que estava acontecendo.

Notou que você não leu isso em nenhum grande jornal brasileiro?

Pois é… Não dá para confiar na cobertura internacional feita pelos jornais locais. Se a notícia prejudica a imagem de Obama, aparentemente não serve.

To Top