Internacionais

O Ministério Público pediu a prisão da presidente que sofreu impeachment (na Coreia do Sul)

Tudo isso menos de um mês após a queda de Park Geun-hye

A Justiça da Coreia do Sul é bem mais rápida que a brasileira. Enquanto aqui o brasileiro aguardou quase dois anos para ser atendido no seu anseio pela impeachment de Dilma Rousseff, Park Geun-hye caiu apenas seis meses eclodir o escândalo que atingiu por lá. Agora, o Ministério Público local mostra que a luta não acabou.

Apenas 17 dias após a destituição do cargo, anunciou que irá pedir a prisão de Geun-hye. A sul-coreana havia sido acusada de usar o cargo para chantagear empresas locais por intermédio de uma aliada, algo semelhante ao que investiga hoje a operação Lava Jato.

Agora é conferir se o caso servirá de inspiração aos promotores brasileiros.

Fonte: Valor Econômico

To Top