Mundo Louco

Dizendo-se lobisomem, homem apunhala e mata a mãe, que ele acreditava ser uma vampira

Ele estaria sob efeito de drogas.

Foto: Daily Mail / FB

O norte-americano Sheaen Emmette Smith, morador de 29 anos do distrito de Fairhaven, localizado na cidade de Bellinghan (WA), cometeu um dos piores e mais inacreditáveis crimes de que é capaz a espécie humana: matricídio. Não que qualquer delito possa ser chamado de “bom”, mas sem dúvida há aqueles acima de qualquer monstruosidade.

E, para piorar, sua “motivação” é ainda mais complexa: ele acredita ser um lobisomem, dizendo que sua mãe seria uma vampira. E então deu-lhe punhaladas até a morte.

Segundo a imprensa local, ele teria problemas mentais e também usaria drogas; metanfetamina, no caso.

E a polícia, por fim, aguarda os resultados do exame necrológico para saber se tudo pode ser ainda pior.

Fonte: Daily Mail

Mais Lidas

To Top