Notícias

A última do Delúbio: De volta ao PT, tesoureiro do Mensalão participou de fraude milionária no ES, segundo PF

Reportagem da Folha de S. Paulo:

Em Presidente Kennedy, no litoral sul do Espírito Santo, a Justiça determinou no mês passado a prisão do prefeito e afastou o vice e quatro dos nove vereadores da Câmara. A decisão foi o primeiro resultado de uma operação da Polícia Federal, batizada de Lee Oswald (assassino do presidente norte-americano John Kennedy em 1963), contra esquema de fraude a licitações e desvio de verbas que envolveria empresários e administradores da cidade.
As investigações da PF e do Ministério Público estadual encontraram indícios, no entanto, que Presidente Kennedy -distante 150 quilômetros de Vitória- seria apenas a ponta de um esquema que se espalha por outros municípios do Espírito Santo, Goiás, Bahia, Minas e São Paulo. Em dado momento, apareceu nas investigações o nome do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, um dos réus do processo do mensalão, conforme revelou a coluna Painel. Delúbio teria discutido formas de vender a outras cidades lousas digitais, um dos focos de fraude apontados.
De acordo com denúncia do Ministério Público, os atos criminosos eram liderados pelo prefeito de Presidente Kennedy, Reginaldo Quinta (PTB), 65. Os vereadores afastados seriam responsáveis por evitar que os contratos fossem fiscalizados. A CGU (Controladoria Geral da União) calcula que R$ 55 milhões foram desviados. Um dos casos diz respeito a contrato de pouco mais de R$ 1 milhão para instalar três lousas digitais nas três escolas do município, mediante aluguel mensal de R$ 101 mil.
O contrato foi fechado pela secretária de Educação, Geovana Costalonga, sobrinha do prefeito, com Jurandy Nogueira Júnior, sócio da Matrix Sistemas e Tecnologia. Quando as lousas foram instaladas não havia internet na cidade, nem os professores receberam treinamento. Na época da licitação, a empresa, especializada em moda, mudou sua razão social. Sua proposta foi apresentada 15 minutos antes da abertura dos envelopes.
A Matrix tem como endereço um terreno baldio. O empresário fez o mesmo negócio em Anchieta (ES).Em janei­ro, diz a PF, Nogueira pediu ajuda ao deputado estadual Misael de Oliveira (PDT-GO), que prometeu apresentá-lo a prefeitos. O deputado, segundo a investigação, intermediou encontro entre o empresário e Delúbio Soares. No dia 31 de janeiro, Nogueira e seu sócio se encontraram com o ex-tesoureiro do PT em restaurante do Aeroporto Santos Dumont (Rio), por 35 minutos.

Na mesma noite, Nogueira liga para a mulher e conta que conversou com o “presidente do PT”. Depois, fala do encontro com o deputado Misael e diz que “foi tudo bem”. Recordista no recebimento de royalties do petróleo no Estado -R$ 98 milhões em 2011-, Presidente Kennedy tem 10 mil habitantes, cerca de 20% deles analfabetos, e um dos piores IDHs do Estado: o 74º lugar entre 78.

(grifos nossos)

To Top