Notícias

A Veja garante que Janot está enrolando e Dias Toffoli seria delatado, SIM!

A própria revista diz: “Os repórteres de VEJA viram e leram o anexo” que cita Dias Toffoli

Poucos tinham dado muita atenção à Veja, pois a capa garantia que Dias Toffoli, ministro do STF, estava na mira da delação de Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, mas o conteúdo não acrescentava qualquer informação, apenas fazia sensacionalismo.Contudo, sob pressão de Gilmar Mendes, Rodrigo Janot resolveu suspender a negociação com argumentos que não fazem sentido. No primeiro momento, disse que o sigilo do acordo fora quebrado. Noutro, garantiu que nada do que a revista publicou era verdade. Por que então suspender o acordo?

Pois bem… A Veja se pronunciou. E confirmou tudo o que publicou, explicando que o procurador-geral da República apenas tentou ludibriar a opinião pública: “Dizer que o anexo não ‘ingressou’ no Ministério Público é o truque para negar a existência do anexo sobre Dias Toffoli. Ele existe, sim, e seus termos estão – ou estavam, até agora – sob negociação“.

A revista foi mais longe e explicou com todas as letras: “Os repórteres de VEJA viram e leram o anexo. E apuraram que os termos do anexo estavam em discussão na proposta de delação de Léo Pinheiro. Por isso, VEJA mantém tudo o que foi publicado na edição que está nas bancas“.

É uma briga boa. Quanto mais eles se desgastarem, mais o Brasil ganha.

Mais Lidas

To Top