Notícias

Agência de risco baixa ainda mais a nota do Brasil

Segundo classificação da Moody’s, nota do país passou de Baa2 para Baa3.

Dilma Rousseff - Joedson Alves - AP

Foto: Joedson Alves/AP

Segue trecho de reportagem da revista Isto É, com informações da Agência Estado:

“Segundo a Moody’s, “o desempenho econômico mais fraco do que se esperava, a tendência relacionada de elevação dos gastos do governo e a falta de consenso político sobre reformas fiscal vai impedir as autoridades de alcançarem superávits primários suficientemente altos para conter e reverter a tendência de elevação da dívida neste ano e no próximo, e vão desafiar sua capacidade de fazê-lo mais tarde”. “Como resultado disso, a carga da dívida do governo e a capacidade de pagamento continuarão a deteriorar materialmente em 2015 e em 2016, em comparação com as expectativas anteriores da agência de rating, para níveis materialmente piores do que outros países com ratings Baa. A Moody’s tem a expectativa de que a carga de dívida crescente se estabilize somente perto do fim do governo atual”, diz a nota”

Por enquanto, ainda fica mantido “grau de investimento”.

To Top