Notícias

Agora procurado pela Interpol, João Santana deixou de embarcar em vôo de volta para o Brasil

Marqueteiro petista estava na República Dominicana enquanto a polícia visitava sua casa.

joao-santana

Caso a defesa de João Santana não informe a PF sobre seu paradeiro até o final do dia de hoje, o marqueteiro de Dilma será considerado foragido da Justiça. Santana e sua mulher estão trabalhando em uma campanha eleitoral na República Dominicana. Eles haviam comprado passagens de volta para o Brasil em um vôo neste domingo (21), mas decidiram não embarcar na última hora. Sérgio Moro já avisou que pedirá ajuda da Interpol para capturar o publicitário se ele não voltar nas próximas horas.

Será que alguma fonte avisou o marqueteiro petista antecipadamente sobre a deflagração da Operação Acarajé no dia seguinte? Talvez o segredo do sucesso de João Santana sejam seus dons premonitórios.

Mais Lidas

To Top