Notícias

Alckmin teme que impeachment de Dilma se volte contra governadores e prefeitos, mas não é bem assim

Já há um entendimento no TCU de que os estragos feitos por Dilma possuem características únicas.

Como publicamos mais cedo, há um entendimento dentro do próprio TCU de que o o estrago feito por Dilma se trata de algo inédito no Brasil. Ou seja, só haverá os precedentes temidos por Alckmin se os governadores e prefeitos passarem a cometer os mesmos erros. Nestes casos, merecerão a punição e nada melhor que a atual presidente para servir de exemplo. Ainda que o receio mire um onda de caça às bruxas administrativas, ocorria sensação parecida quando da queda de Collor, o que faz do medo um efeito colateral até natural. No caso, discutia-se naquele tempo os impedimentos de Brizola, governador do Rio, e Erundina, prefeita de São Paulo. Mas ambos concluíram o mandato, assim como FHC em 1999.

Alckmin reprova impeachment de Dilma por abrir precedente contra estados e municípios

Leia também | Pedaladas fiscais – que podem findar em impeachment – são crias de Dilma, diz procurador do TCU

Para mais informações:
Alckmin reprova impeachment de Dilma por abrir precedente contra estados e municípios

Mais Lidas

To Top