Notícias

Ao menos 3,6 milhões de brasileiros teriam caído de classe social no último ano

Isso se deve à corrosão da rendas das famílias graças à inflação.

A estimativa veio da FecomercioSP e encontra um total de 1,2 milhão de famílias nessa situação, ou 3,6 milhões de cidadãos (quando levamos em conta que o IBGE calcula em 3 integrantes o tamanho médio da família brasileira). Em uma das simulações testadas, só da classe D para E teriam migrado 920 mil famílias. Segundo o índice de Custo de Vida por Classe Social, graças ao tipo de produto que costumam consumir, são justamente estes mais pobres que a inflação mais afeta – enquanto a média inflacionária está girando em torno de 9,5%, para eles já ultrapassou os 11%.

size_810_16_9_Dilma_Rousseff

Leia também | Investigados pela Lava Jato temem que haja outros “Sérgio’s Moro’s” espalhados pelo Brasil

Para mais informações:
Mais de 1,2 milhão de famílias podem ter caído de classe social nos últimos 12 meses

To Top