Notícias

Após secretário assumir agressão a ex-esposa, Eduardo Paes diz não buscar “homem perfeito”

Foto: Wilson Dias/ABr

No laudo pericial das agressões, constam socos, chutes, empurrões e um dente quebrado.

Eduardo Paes tem como objetivo se tornar o político mais poderoso do Rio de Janeiro. Para isso, já há um tempo prepara Pedro Paulo Carvalho, seu secretário-executivo municipal, para disputar a prefeitura da capital no ano que vem. O atual prefeito, no entanto, apostou que os antecedentes criminais do pupilo não viriam à tona. Mas vieram e Paulo assumiu, após seguidas negativas, que agrediu a ex-esposa. Nos laudos das perícias, constam socos, chutes e empurrões, além de um dente quebrado.

Agora Paes tenta salvar o trabalho realizado até aqui dizendo não buscar um “homem perfeito”. Defendeu-se ele a O Globo:

“Não estou buscando um homem perfeito. Quero um candidato que governe bem a cidade. E o meu candidato a prefeito é o secretário e deputado Pedro Paulo. Não estamos falando algo da dimensão pública dele. Na dimensão pública, ele é o quadro mais preparado para assumir essa função.”

Foto: Wilson Dias/ABr

Eduardo Paes | Foto: Wilson Dias/ABr

Curiosamente, na eleição que garantiu o primeiro mandato a Paes, a virada só veio após panfletos apócrifos terem sido jogados em redutos evangélicos especulando sobre as preferências sexuais de Fernando Gabaeira, o candidato derrotado.

Talvez o mundo tenha dado suas voltas.

Notícias Recentes

To Top