Notícias

Até Lula reconhece: Brasil de Dilma é um trem fora dos trilhos

O sincericídio foi cometido em discurso a líderes de “movimentos sociais”; sim, aqueles movimentos que dizem representar o povo, mas defendem o PT e a si próprios.

Definitivamente, Dilma Rousseff não é mesmo uma figura popular. O último a detoná-la foi justamente seu padrinho, tutor e, por que não dizer?, também chefe: ninguém menos que Lula. E fez isso em público, discursando a líderes de “movimentos sociais” – aqueles movimentos que alegam representar o povo, mas no geral defendem o PT e a si próprios.

A frase completa: “É como se estivéssemos num trem descarrilhado. Agora, não temos que ficar brigando pelo vagão que a gente vai. A gente precisa colocar o trem outra vez nos trilhos. Quando estiver nos trilhos, a gente pode brigar se vai de primeira ou segunda classe

Dilma Rousseff - Lula

De fato, o Brasil é um trem fora dos trilhos. E a solução é trocar de maquinista.

Mais Lidas

To Top