Notícias

Até o governo Dilma confirmou: intimação de Lulinha seguiu corretamente a Lei

A chiadeira da turma “trezeconfirma” fica ainda mais patética.

Segundo o Ministério da Justiça, que (por óbvio) é subordinado ao Governo Federal, a intimação de Luís Claudio Lula da Silva (o Lulinha Wikipedia) seguiu os devidos rigores da lei. Ou seja: não se trata de “perseguição” nem de procedimento ilegal. Foi algo correto, como todos sabíamos, mas agora existe a confirmação disso pelo próprio governo.

O papo (agora comprovadamente furado) de que a intimação não teria seguido a Lei começou por conta do horário, seria “tarde” demais (23h), entre outros argumentos não exatamente sólidos. Pois é, foi tudo legítimo, legal e correto.

Relembrando: o caso é apurado na Operação Zelotes, que investiga a máfia de vendas de MPs (Medidas Provisórias, leis emitidas pela Presidência da República). O filho de Lula foi alvo de busca e apreensão em suas empresas e as autoridades descobriram que ele recebeu R$ 2,5 milhões por uma consultoria copiada da Wikipedia.

Lulinha - Luis Claudio Lula da Silva

Notícias Recentes

To Top