Notícias

Avião usado por Campos violava lei eleitoral

A empresa, que pertence a um grupo de usineiros, não está registrada para a atividade de táxi aéreo.

Do Globo:

cessna2

O avião que caiu em Santos na semana passada, matando Eduardo Campos e mais seis pessoas, não poderia ser usado na campanha do PSB. O jato está registrado na Agência Nacional de Aviação Civil em nome da AF Andrade. Pelo resolução 23.406 do Tribunal Superior Eleitoral, uma empresa só pode doar produto ou serviço relacionado a suas atividades-fins. Mas não há registro de que a AF Andrade atue como empresa de táxi aéreo. Os gastos com o avião também não foram incluídos na primeira prestação de contas do PSB ao TSE.

A compra do jato também está sendo investigada pela Polícia Federal. A AF Andrade está em recuperação judicial, e não poderia ter vendido a aeronave para três empresários.

 

Notícias Recentes

To Top