Notícias

Banco Central aumenta os juros novamente

Aumento da taxa de juros é tentativa do governo de frear a economia para segurar a inflação

enhanced-buzz-23450-1394808695-17Usada na campanha de juros para pintar adversários como inimigos dos pobres e amigos dos banqueiros, a taxa de juros segue em alta no segundo mandato de Dilma Rousseff. Vejam a notícia no site da revista Época:

Pela sexta vez seguida, o Banco Central (BC) reajustou os juros básicos da economia. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) aumentou nesta quarta-feira (03/06) a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, para 13,75% ao ano. O órgão manteve o ritmo do aperto monetário. Na reunião anterior, no final de abril, a taxa também tinha sido reajustada em 0,5 ponto.

O BC justificou o aumento por avaliar “o cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação” e disse que o Copom “decidiu por unanimidade”

Com o reajuste, a Selic retorna ao nível de janeiro de 2009, quando também estava em 13,75% ao ano. A taxa é o principal instrumento do BC para manter a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), sob controle.

To Top