Notícias

BNDES favoreceu Cuba em financiamentos

Empréstimos internacionais do banco são sigilosos e levantam suspeitas

dilma_raul castro_cuba_maismédicosA polêmica obra do Porto de Mariel conseguiu condições privilegiadas do BNDES. Leiam a reportagem da Folha de São Paulo publicada hoje:

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) ofereceu a Cuba condições vantajosas no financiamento do porto de Mariel, a 40 quilômetros de Havana, incluindo um prazo de 25 anos para pagar.

Dados do polêmico empréstimo foram tornados públicas pela primeira vez nesta terça (2), junto com várias operações feitas pelo banco no exterior desde 2007.

O BNDES sofre forte pressão do TCU (Tribunal de Contas da União) e do Congresso para dar mais transparência aos empréstimos que concede com dinheiro público.

O empréstimo cubano teve o prazo mais longo entre as obras financiadas fora do país –a maioria perto de 15 anos.

Os empréstimos a Cuba serão alvo da CPI do BNDES, como já informamos aqui. Recentemente, Dilma vetou um projeto que visava dar transparência aos empréstimos internacionais do banco.

Mais Lidas

To Top