Notícias

BNDES financia aeroporto em Cuba

Construtora Odebrecht obtém junto ao banco público um financiamento de US$ 150 milhões

classemedia_cubaA empreiteira Odebrecht conseguiu financiamento junto ao BNDES para levar adiante a modernização do aeroporto de Havana. Leiam a reportagem de Marina Gonçalves em “O Globo”

A empreiteira brasileira Odebrecht está a frente das obras de ampliação do aeroporto, com previsão de duração de 30 meses, e avaliadas em US$ 207 milhões — destes, US$ 150 milhões foram financiados pelo BNDES para o governo de Cuba, na modalidade de crédito à exportação.

Enquanto isso, nas capitais brasileiras que sediaram a Copa do Mundo, metade das obras que deveriam estar prontas para o evento não foram entregues até hoje.

To Top