Notícias

Brasil só fica à frente de Uganda e Índia em ranking de tratamento a pacientes terminais

Foto: Chalmers Butterfield

Num universo de 40 países observados, ficamos com a 38ª colocação.

O estudo da Economist Intelligence Unit analisou a situação de 40 países sobre a disponibilidade, o custo e a qualidade dos tratamentos paliativos para pacientes terminais. Neste universo, o Brasil ficou com a 38ª colocação, à frente apenas de Uganda e Índia. No geral, o BRICS obteve péssimos resultados, mostrando que não se trata de falta de verba, mas de uma cultura de aceitação da morte como inevitável, o que estimularia o uso de tratamentos que buscam reconfortar o paciente nos seus últimos dias.

Foto: Chalmers Butterfield

Leia também | Mais uma agência de risco dá a entender que tirará grau de investimento do Brasil

To Top