Notícias

Campeã do carnaval carioca recebeu dinheiro da Guiné Equatorial através de empreiteiras

Segundo carnavalesco, empresas como Odebrecht e Queiroz Galvão teriam doado R$10 milhões.

carnaval-rio-beija-flor-20150217-10-size-598

De acordo com O Globo, Fran-Sérgio Oliveira, um dos carnavalescos da Beija Flor, afirmou que a escola não foi patrocinada pela ditaduta do país africano, mas sim por empreiteiras que tem obras lá. Segundo ele, a escola de samba recebeu R$ 10 milhões de empresas como a Odebrecht e Queiroz Galvão, investigadas pela Operação Lava Jato.

O presidente Teodoro Obiang, há 35 anos no poder, pagou R$120 mil por 2 camarotes na Sapucaí, onde exigiu champanhe Dom Pérignon. No dia seguinte, gastou R$79 mil numa churrascaria com a sua comitiva.

To Top