Notícias

Cerveró garantiu que Dilma mentiu: ela sabia dos problemas de Pasadena

Pior: fez tudo às pressas em procedimento bastante suspeito

O testemunho foi dado em novembro passado, mas só agora foi tornado público. Em delação premiada para a operação Lava Jato, Nestor Cerveró garantiu que Dilma mentiu quando disse que não tinha “informações completas” a respeito da problemática refinaria de Pasadena. Mais: o ex-diretor da Petrobras defendeu que a presidente afastada sabia que petistas recebiam propina da Petrobras.

Segundo Cerveró, o negócio foi feito às pressas. Dilma, na condição de presidente do conselho, teve acesso a todas as informações necessárias, e, apenas um dia após ser aprovado na Diretoria Executiva, o projeto foi também aprovado no Conselho de Administração, um procedimento pouco usual, portanto, suspeito.

A refinaria de Pasadena causou um prejuízo bilionário à estatal. Onde foi parar aquela grana toda? É o que a Lava Jato tenta desvendar. Mas, com o PT no comando do país e Dilma mentindo descaradamente, é possível já ter algumas certezas,

Mais Lidas

To Top