Notícias

Com delação de Delcídio, Dilma pode ser incluída no processo de Pasadena

As chances de Dilma conseguir concluir o mandato ficam menores a cada dia. Nesta quarta (09), um ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) pediu a inclusão de Dilma no processo que corre no tribunal sobre a refinaria de Pasadena (EUA), com base na delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MT). Nos trechos divulgados pela imprensa, Delcídio confirma que Dilma, na condição de presidente do Conselho da Petrobras, sabia das irregularidades na compra da refinaria e mesmo assim aprovou o negócio.

O ministro afirma que nem mesmo o “homem-médio” fugiria da obrigação de ler um contrato privado antes de assinar, algo incabível para alguém que ocupava a presidência do Conselho de Administração de uma das maiores empresas do mundo.

Dilma é abaixo da média.

640x421x4-56009787c4cfe9fe0a6443db35e1606a28c81ba374448

Notícias Recentes

To Top