Notícias

Com recorde histórico, governo Dilma fechou 1,2 milhão de postos de trabalho em um ano

Foto: Roberto Stuckert Filho

E é a primeira vez em 17 anos que setembro apresenta um saldo negativo na geração de emprego formal.

Em setembro, a diferença entre contratações e demissões ficou em 95 mil para a perda do emprego conquistado. É o pior número para este período desde que, em 1992, a atual série histórica se iniciou. Com este recorde indesejável, o governo Dilma chega a um número assustador: o Brasil perdeu 1,23 milhão de postos de trabalho nos últimos 12 meses. Só em 2015, o saldo negativo já vai em 657 mil vagas.

Foto: Roberto Stuckert Filho

Leia também | Protesto inusitado faz muito barulho ao pedir buzinadas pelo impeachment

O dado soa ainda mais alarmante quando comparado com anos anteriores. Em sua melhor temporada, o mês de setembro rendeu 282 mil oportunidades de trabalho legalizado a mais em 2008. Mesmo ano passado, quando atingia-se o pior resultado em 12 anos, houve um saldo positivo de 123 mil, ou 219 mil vagas a mais do que o ocorrido em 2015.

Notícias Recentes

To Top