Notícias

Com reprovação das contas, líderes da oposição já preveem o impeachment de Dilma

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Cunha Lima promete que o Congresso não decepcionará a população. Caiado chega, inclusive, a arriscar uma data ainda este ano.

O senador Cássio Cunha Lima, do PSDB, disse que a decisão do TCU comprova todos os abusos cometidos pode Dilma e promete que o Congresso não deixará o brasileiro na mão. Já Ronaldo Caiado, do Democratas, foi ainda mais enfático. Disse ele ao Valor Econômico:

“Antevejo que a Câmara dos Deputados deverá votar o requerimento de admissibilidade da petição protocolada por Helio Bicudo e Miguel Reale nos próximos 15 dias. Continuando esse cenário, teremos, provavelmente no final do mês de novembro, a votação do afastamento de Dilma.”

É uma aposta arriscada, pois há uma ala do Congresso que calcula o início de 2016 como melhor momento. De toda forma, fica a nossa torcida para que ele esteja certo.

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Leia também | As 4 gigantescas derrotas que Dilma colecionou em menos de 24 horas

Mais Lidas

To Top