Notícias

Conselho administrativo da Petrobras não entra em consenso sobre baixas contábeis

Os números relativos à corrupção não conseguiram ser separados de outros números relativos à ineficiênciada estatal.

o-PETROBRAS-

Após adiar a divulgação dos resultados do terceiro trimeste de 2014 duas vezes (inicialmente, a divulgação seria em novembro do ano passado), a Petrobras decidiu, numa longa reunião do Conselho Administrativo, divulgar os números sem incluir as baixas contábeis dos casos de corrupção investigados pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, de acordo com O Globo.

Uma fonte revelou ao jornal que os valores relativos à corrupão não conseguiram ser separados de outros fatores que causaram atrasos em obras, por exemplo.

Mais Lidas

To Top