Notícias

Costa diz que tesoureiro do PT operava propina na Petrobras

Em contratos fechados entre empreiteiras e a Petrobras, 3% eram rateados entre PP e PT.

Da Veja:

Em depoimento prestado nesta quarta-feira (08) à Justiça, Paulo Roberto Costa deu o nome dos operadores dos partidos, do caixa que recebia e administrava o dinheiro desviado da Petrobras. O ex-diretor de Abastecimento diz que a propina do PT era administrada por João Vaccari Neto, tesoureiro nacional do partido, que tratava diretamente com Renato Duque, diretor de Serviços da Petrobras à época. O montante de propina (3% pagos pelas grandes empreiteiras por contratos fechados com a diretoria de Abastecimento) era rateado entre o PP (1%), e PT (2%).

 

To Top