Notícias

Crise para quem? Dilma aprova orçamento com R$ 819 milhões para partidos políticos

Justificativa é a proibição de doações empresariais a campanhas; proposta inicial do próprio governo era destinar “apenas” R$ 311 milhões

A presidente Dilma sancionou sem vetos a LOA (Lei Orçamentária Anual) relativa a 2016 e manteve o valor de R$ 819 milhões previsto pelo Congresso para o fundo partidário. O governo inicialmente havia proposto reduzir a verba do fundo partidário para R$ 311 milhões neste ano mas, com a justificativa oficial da proibição de doações empresarias para campanhas pelo STF, topou aumentar o montante.

Outra peculiaridade do orçamento aprovado por Dilma é a estimativa de uma receita inexistente: ela conta com R$ 10 bilhões provenientes da CPMF a partir de setembro, mas para que isso aconteça o imposto tem de ser aprovado até maio.

305892_45381_87926

To Top