Notícias

Cunha aceita acareação, mas desafia: Dilma e seus ministros também devem fazer

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ) acaba de colocar Dilma em situação delicada. A presidente também foi mencionada por delatores, bem como alguns de seus ministros. Será que eles também toparão confrontar depoimentos com seus delatores?

Dilma Rousseff -

Dilma Rousseff está em mais uma sinuca de bico. E, como algumas outras tantas, graças a Eduardo Cunha. Isso porque o presidente da Câmara dos Deputados, citado em delação premiada, afirmou que aceita ser acareado com o delator. Mas ao mesmo tempo lançou o desafio: que também façam isso a presidente Dilma e seus ministros cujos nomes aparecem em delações (no caso, dos que ainda restaram no ministério). São eles: Aloizio Mercadante, da Casa-Civil e Edinho Silva, da Comunicação Social.

E agora? Todos toparão? Ninguém topará? A bola está com Dilma e seus ministros.

Mais Lidas

To Top