Notícias

Cunha estaria perdendo no Conselho de Ética, mas isso pode ser bom para o impeachment

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O jogo pode virar se o presidente da Câmara aceitar o pedido de impeachment de Dilma Rousseff.

A sondagem foi feita pelos aliados de Eduardo Cunha e divulgada por Lauro Jardim. Nela, o presidente da Câmara estaria com 10 votos a favor e 11 votos contrários. E isso pode ser ótimo para as pretenções de impeachment de Dilma. Mas, para entender como, é preciso ler o que o Painel da Folha escreveu ainda na madrugada:

“Sentindo que o apoio da oposição se esvaiu depois de Eduardo Cunha apresentar os termos de sua defesa, a tropa de choque do presidente da Câmara prepara reação para não perder a sustentação velada que ainda conserva no DEM e no PSDB. Os aliados querem convencê-lo a dar sinais mais claros de que vai abrir o processo de impeachment de Dilma Rousseff. Para o grupo, essa expectativa poderia reverter votos de oposicionistas que hoje estão contra Cunha no Conselho de Ética.”

Ou seja… A oposição pode condicionar um voto a favor de Cunha ao acolhimento do pedido de impeachment já entregue contra Dilma. O fato de os três deputados petistas no Conselho prometerem desde já votar contra o presidente da Câmara deve servir de força extra nessa negociação. Há dois tucanos dizendo-se contrários ao peemedebista. Se um deles muda o voto, o jogo vira.

To Top