Notícias

Delator diz que Russomanno, favorito a prefeito de SP, recebia mensalão

O pagamento da propina teria ocorrido quando ambos faziam parte do PP

A revelação foi feita pelo ex-deputado Pedro Corrêa, do PP, partido ao qual Celso Russomanno pertencia até 2011. José Janene, morto em 2010, era o responsável pela arrecadação da propina. Quanto ao pré-candidato líder nas pesquisas para prefeito de São Paulo, segundo o delator, “era famoso em solicitar vantagens indevidas a empresários utilizando a televisão como forma de intimidar e ameaçar”. E recebia mensalão do partido.

A delação de Corrêa é longa, possui mais 70 anexos, ou seja, mais de 70 tentativas de se confessar crimes próprios ou de terceiros. Talvez por isso ainda não tenha sido homologada.

Quanto a Russomanno, corre o risco de nem conseguir se candidatar, pois responde a processo no STF por peculato.

Mais Lidas

To Top