Notícias

Delator entrega recibos do PT de doações sob suspeita de serem propina

João Vaccari Neto teria sido peça central no esquema de lavagem de dinheiro.

joao-vaccari-neto-01-size-598

De acordo com a coluna do Fausto Macedo no Estadão, Augusto Mendonça, delator do grupo Setal, entregou à Justiça Federal recibos de doações partidárias e eleitorais feitas por suas empresas para o PT entre 2008 e 2012 como forma de ocultar pagamento de propina.

Os documentos foram anexados à denúncia criminal aceita nessa segunda-feira contra Duque, Vaccari, Adir Assad e mais 24 pessoas. São 4 recibos emitidos pelo PT de doações para o Diretório Nacional do partido de R$500 mil em 2010.

João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, e Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, teriam sido peças centrais na lavagem de dinheiro, que transformava recursos ilegais em legais dentro do sistema oficial de repasse de recursos para partidos e campanhas políticas.

Notícias Recentes

To Top