Notícias

“Departamento da propina” da Odebrecht tinha até software exclusivo

Empreiteira substituiu sistema de informação em 2009, mas manteve o antigo apenas para controle da “contabilidade paralela”

A ex-secretária da Odebrecht Maria Lúcia Guimarães Tavares, presa na Operação Acarajé, entregou detalhes do sistema de pagamentos de propinas a políticos e partidos pela empreiteira. O departamento de “Operações Estruturadas” da empresa contava até com um software exclusivo para gerenciar os “acarajés”, chamado “My Web Day”.

Na casa de Maria Lúcia foram encontrados os manuais de operação do sistema, criado na década de 1990 e que havia sido o principal sistema de informações da Odebrecht até 2009, quando foi desenvolvido um novo em parceria com a Oracle. Em vez de desativar o obsoleto My Web Day, tudo indica que a diretoria da empresa encontrou um uso heterodoxo para ele.

portaldoholanda-682325-imagem-foto-amazonas

Mais Lidas

To Top