Notícias

Dilma ofereceu ministério a aliado de Picciani, que a defende na Câmara

É para a vaga deixada por Eliseu Padilha (PMDB/RS), aliado de Michel Temer, que pediu para sair (leia-se: pulou fora da barca furada).

Leonardo Picciani (PMDB/RJ), o “líder que não lidera” os peemedebistas na Câmara, recebeu aval do Planalto para indicar substituto a Eliseu Padilha, que acaba de abandonar a canoa de Dilma. Por enquanto, foram sondados os nomes de Leonardo Quintão e Mauro Lopes, ambos de Minas Gerais, para ocupar o cargo de Ministro-Chefe da Secretaria da Aviação Civil.

Sim, o governo quer com isso escapar do impeachment. Não, não será o bastante.

Dilma-Rousseff---Leonardo-P

E a parte boa é que o proprio Picciani já não é reconhecido como líder por boa parte dos deputados do PMDB.

Notícias Recentes

To Top