Notícias

“Dilmãe” se despediu da Presidência com o pior dia das mães para o comércio em 15 anos

Para fechar no melhor estilo petista

Em comparação com maio de 2015, que já não havia sido bom, as vendas do comércio varejista viram em maio uma queda de 9%. Desde 2001 que o dia das mães não vivia penúria tão lamentável. Houve queda (de 1%) até mesmo em relação ao mês de abril, ampliando o recorde negativo para a pior marca desde o ano 2000.

No acumulado do ano, o recuo está em 7,3%. No acumulado dos últimos 12 meses, em 6,5%. Inflação, desemprego e recessão são as causas apontadas pelo IBGE, autor do levantamento, para essa situação. “Provavelmente foi o Dia das Mães mais fraco da série”, disse ao G1 Isabella Nunes, gerente de serviços e comércio do instituto.

Foi nesse clima de fim de feira que Dilma Rousseff foi afastada da Presidência da República.

To Top