Notícias

Ditadura venezuelana: estudante de 19 anos morre baleado em protesto, dizem opositores

O socialismo invariavelmente resulta nisso.

Imagem: Twitter, perfil de Marco Bozo Tamayo

As gerações mais antigas contavam os horrores da União Soviética, à medida que alguns países escapavam do jugo socialista. Durante um tempo, a esquerda mundial relativizou o apoio então eufórico a tal regime, focando em Cuba. Algumas décadas depois: Venezuela.

Até alguns dias atrás, a ditadura venezuelana era enaltecida e seus ditadores, Chávez e depois Maduro, tratados como heróis. E as notícias da Venezuela, assim como em qualquer outro regime socialista em processo de encerramento, são terríveis.

Pois hoje a oposição ao regime ditatorial da Venezuela fez uma nova denúncia: Daniel Queliz, estudante de 19 anos, teria sido morto com um tiro no pescoço, em protesto realizado na cidade de Valencia.

É sempre desagradável usar o futuro do pretérito, porque a crueldade daquele governo é notória, mas ainda assim é preciso aguardar a confirmação oficial do caso.

Por enquanto, o que se tem é um post de Marco Bozo Tamayo:

Torçamos por um milagre.

Fonte: Estadao

Mais Lidas

To Top