Notícias

Eduardo Cunha chama de “improvável” a aprovação da CPMF

O deputado aproveitou para chamar o pacote de medidas de pseudocortes: “O governo está fazendo o ajuste na conta dos outros.”

O presidente da Câmara acha “temeroso” condicionar o ajuste fiscal à aprovação no Congresso num momento em que o Planalto está tão fragilizado. “O tema, por si só, já é polêmico. Além disso, o tempo de tramitação de uma matéria como esta é muito longo.” O deputado aproveitou para chamar o pacote de medidas de pseudocortes: “O governo está fazendo o ajuste na conta dos outros.” De fato, é alternativa politicamente muito cara e Dilma já não tem muita bala para queimar. Não sendo ela no comando, no entanto, talvez o parlamento encare o amargo remédio como inevitável.

eduardo-cunha

Leia também | Dilma perde o sétimo ministro em menos de 9 meses de segundo mandato

 

Para mais informações:
Aprovação da CPMF é ‘improvável’, diz Cunha

To Top