Notícias

Eleições na Coreia do Norte tem candidato único e quem vota nulo/branco pode ser fuzilado

O regime ditatorial norte-coreano é uma das provas ainda vivas da praga avassaladora que é o socialismo.

Os fatos são tão bizarros que parecem tragicomédia caricata de futuro distópico. Mas, infelizmente, são situações reais. As informações são da BBC, divulgadas pelo UOL. Trecho a seguir:

A escolha é extremamente limitada. A escolha dos candidatos é determinada pelo Partido dos Trabalhadores, o mesmo do ditador norte-coreano, Kim Jong-un, que assumiu o poder em 2011. Para cargos executivos, há apenas um nome na cédula. Abstenções e votos nulos são considerados atos de traição, o que pode resultar em execução por fuzilamento, por exemplo

Socialismo é isso. E há quem defenda.

Mais Lidas

To Top