Notícias

Em 27 anos, menos de 4% dos parlamentares investigados foram condenados por crimes contra a administração

17.04.2016 - Brasília - O Deputado Bruno Araujo profere o voto que garante a autorizacao do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, no plenário da Câmara dos Deputados. Foto: Marcelo Camargo

E apenas um deles se encontra na cadeia atualmente.

Em um universo de mais de 500, levantamento do Congresso em Foco contou apenas 16 parlamentares na condição de condenados por crimes cometidos contra a administração pública. Hoje, apenas um deles cumpre pena na cadeia, enquanto outros quatro já quitam “seu tempo” em prisão domiciliar. Há atualmente ações correndo contra 172 eleitos e apenas 7 de 28 partidos encontram-se na condição plena de “ficha limpa”. O PP é o mais investigado, com 70% de sua bancada prestando contas com a justiça. Chama atenção o fato de o PSDB ser mais caçado que o PT (24% x 21%). Mas há pouco o que temer: quando se trata de crimes cometidos por congressistas, a justiça parece bem cega – costuma ver nada de errado.

congresso

Leia também | Contra impeachment, Dilma pretende usar ministérios para cooptar deputados

Para mais informações:
Desde 1988, só 16 parlamentares foram condenados por crimes contra a administração

Notícias Recentes

To Top