Notícias

Em nova rodada de farpas, Cunha responde com ainda mais ironia a desfaçatez de Dilma

Foto: PMDB Nacional

“Não sabia que a Petrobras não era do governo.”

Na primeira rodada, Dilma disse lamentar que Cunha fosse brasileiro. O presidente da Câmara, por sua vez, lamentou ser “com um governo brasileiro o maior esquema de corrupção do mundo“. Na réplica, para a queda de queixo de qualquer pessoa minimamente informada, Dilma apostou na burrice plena de seus governados e disse que “meu governo não está envolvido em escândalo de corrupção“. A tréplica do peemedebista veio com mais ironia ainda: “Não sabia que a Petrobras não era do governo.

A turma do “deixa disso” já entrou em campo. Jaques Wagner, o dedo de Lula na Casa Civil, intercedeu junto a Cunha para conter as hostilidades. E sentenciou que o PT precisa conter mais a boca de Dilma, ou o resultado pode ser ruim pra ambos os lados.

Nós, que não pertencemos a ambos os lados, aguardamos ansiosamente pela terceira rodada.

Foto: PMDB Nacional

Leia também | Para quitar pedaladas, Dilma teria que fechar 2015 com mais de R$ 70 bilhões de prejuízo

 

Notícias Recentes

To Top