Notícias

Empresário envolvido em campanha de Dilma é preso pela Polícia Federal

dilma-rousseff-rio-2010100601-size-598Reportagem da Folha de São Paulo publicada hoje dá detalhes da ligação de “Bené”,preso ontem pela Polícia Federal na investigação que incluiu uma busca na casa da primeira-dama do estado de Minas Gerais, com as campanhas presidenciais do PT. Ele teria participado do esquema que, em 2010, preparou dossiês e quebrou sigilo de familiares de José Serra, candidato tucano naquela disputa:

Preso pela Polícia Federal nesta sexta-feira, o empresário Benedito Rodrigues de Oliveira tem relações antigas com campanhas e governos do PT.

Bené, como é conhecido, esteve no centro do principal escândalo da campanha de Dilma Rousseff de 2010, quando foi descoberto um bunker para produção de dossiês contra tucanos, montado pela pré-campanha petista.

Amigo do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, Bené participou do famoso almoço no restaurante Fritz, em Brasília, no dia 20 de abril de 2010, onde teria sido discutido um dossiê contra pessoas ligadas a José Serra (PSDB-SP), então adversário de Dilma

 

Notícias Recentes

To Top