Notícias

Empresas aéreas: prejuízo de R$ 13 bilhões desde 2011

O outro lado daquela história da democratização do transporte aéreo…

Em 2014, o prejuízo somado das empresas aéreas foi d e R$ 1,65 bilhão. Em 2015, apenas de janeiro a setembro, foi de 3,7 bilhões de reais. As informações são da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). No período de cinco anos, entre 2011 e 2015, o total do buraco no setor foi de R$ 13 bilhões (sim, número cabalístico).

A notícia é péssima por todos os aspectos. Em primeiro lugar, claro, por conta de exigir medidas saneadoras de recuperação, que invariavelmente passam por cortes de custos (e de empregados). Além disso, também a eliminação de trechos, com adequação de tarifas.

Desse modo, conclui-se que não houve propriamente uma “popularização” do transporte aéreo, mas sim uma aposta – mal sucedida – no crescimento econômico do país que simplesmente não se confirmou (por pura incompetência falaciosa do governo).

Dilma Rousseff - prejuízo no setor aéreo

2016 não será difícil também para esse setor.

To Top