Notícias

Escândalo em família

André Vargas e seus irmãos conseguiram contratos milionários com a Caixa. Os 3 estão presos por suspeitas de irregularidades

andre-vargas-mao-fechada

O Ministério Público e a Polícia Federal investigam as empresas de André Vargas e seus irmãos, Leon e Milton, que podem ter desviado até R$ 50 milhões somente da Caixa Econômica Federal. Para isso, podem ter contado com a ajuda de Clauir dos Santos, gerente de marketing do banco estatal que conseguiu o cargo por indicação de André Vargas. Vejam o trecho da reportagem no site de Veja:

Ex-vice-presidente da Câmara dos Deputados e ex-secretário de Comunicação do PT, Vargas chegou a ser sócio de uma das empresas da família que recebeu pagamentos. Ou seja, o dinheiro saía dos cofres públicos, passava para a agência de Hoffman e, ao fim, chegava ao ex-deputado. “Essas empresas repassavam recursos para o André Vargas e recebiam notas fiscais por isso. Mas os serviços não foram prestados”, afirmou o procurador regional da república Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba.

Os Vargas não são os primeiros petistas paranaenses a irem juntos para a prisão. Os Gaievski, cujo destaque era Eduardo, assessor de Gleisi Hoffman preso por pedofilia e outros crimes sexuais, também se encontraram atrás das grades (relembre a história aquiaqui).

To Top