Notícias

Ex-assessor de Gleisi e da Presidência é condenado por estupro de menor

É a primeira sentença dos 17 processos contra Eduardo Gaievski por crimes sexuais contra menores de idade.

Da Veja:

gaievski

Eduardo Gaievski, ex-assessor de Gleisi Hoffmann na Casa Civil, foi condenado a 18 anos e um mês de prisão pelos crimes de estupro de vulnerável, estupro presumido e estupro qualificado. É a primeira sentença dos 17 processos contra Gaievski por crimes sexuais contra menores de idade. Outros 16 processos estão na fase final. Gaievski foi levado para a Casa Civil pela própria Gleisi, que alega nunca ter sido informada dos crimes cometidos por seu assessor. Gaievski foi prefeito de Realeza pelo PT e, no Palácio do Planalto, cuidava das políticas para saúde e para crianças e adolescentes, como a prevenção do crack. Gaievski também ajudou a criar o programa Mais Médicos, que trouxe médicos de Cuba para trabalhar no Brasil.

Mais Lidas

To Top