Notícias

Ex-gerente da Petrobras faz acordo de delação premiada

Pedro Barusco se comprometeu a devolver US$ 100 milhões e contar o que sabe sobre o esquema de propina na estatal.

Do Estadão:

pedro barusco

Pedro Barusco, ex-gerente executivo da Diretoria de Serviços da Petrobras, fechou um acordo de delação premiada no qual se compromete a devolver US$ 100 milhões e contar o que sabe sobre o esquema de corrupção e propina na empresa. Barusco é considerado peça-chave porque deve revelar o esquema que era controlado por Renato Duque. Barusco foi apontado como o braço direito de Duque na cobrança de propina pelos executivos da Toyo Setal, Julio Gerin de Almeida Camargo e Augusto Ribeiro de Mendonça Neto.

To Top