Notícias

Faltam água e luz em embaixadas brasileiras

A falta de recursos é vivida em Tóquio, Lisboa, Benin, Guiana e Estados Unidos.

enhanced-buzz-26482-1394819411-8

Segundo matéria da Folha, diplomatas de Tóquio, Lisboa, na Guiana, Estados Unidos e em Benin enviaram telegramas ao Itamaraty informando as condições miseráveis vividas pelas embaixadas brasileiras: corte de energia por falta de pagamento, falta de dinheiro para compra de materiais, falta de dinheiro pagar aquecimento, internet e outras coisas.

A embaixada brasileira em Benin está sem receber dinheiro há 50 dias e tem em caixa US$83,00 (R$215). Já teve a energia cortada e o gerador desligado.

Em telegrama que vazou na internet, o encarregado de negócios da embaixada em Contonou, João Carlos Falzeta, diz: “Vivemos uma situação financeira muito difícil, é impossível para o Itamaraty manter os postos atuais com os cortes sucessivos que o governo vem fazendo no orçamento do ministério”.

Mais Lidas

To Top